yFechar menu
Não encontrou?

Pesquisar...

Ensinamentos dos vinhos para sua carreira

“O mundo do vinho nos mostra que sempre podemos descobrir mais, é uma exploração constante.”

Entrevista com o CEO da Wine, Marcelo D’Arienzo

 

Para além das experiências sensoriais, o vinho representa um mundo de possibilidades. Com ele, aprendemos sobre a terra, seu tempo e cultivo. Sobre pessoas, suas histórias e culturas. Podemos aprender ainda a usá-lo para desacelerar, a ter um momento só nosso. Ou, no caminho oposto, é a para confraternizar e nos divertir com amigos e a família. Para falar dessa, que é uma das bebidas mais plurais do mundo, convidamos o CEO da Wine, Marcelo D’Arienzo, líder da empresa que vem democratizando e ensinando sobre vinhos de uma forma moderna, dinâmica e nada pedante.

Para apreciadores ou público em geral, escolher um bom vinho não é tarefa fácil. E esse papel de curadoria é, também, um dos grandes méritos da Wine – seja para os entendidos, com rótulos complexos, ou para quem está começando. Além de “descomplicar o mundo do vinho”, quais são os outros diferenciais da Wine?

Marcelo D’Arienzo é CEO da Wine, o maior clube de vinhos do mundo.

A Wine é atualmente o maior clube de assinatura do mundo e nossa proposta de valor envolve os 3C’s: curadoria, conteúdo e comodidade.

Primeiro a curadoria de vinhos inéditos todos os meses. Eles são selecionados pelos nossos Winehunters, que fazem uma degustação de rótulos dos quatro cantos do mundo em busca de produtos especiais. Temos um escritório técnico baseado na Espanha para recebimento e avaliação das amostras.

Em seguida temos o conteúdo que é fundamental para que a experiência fique completa. A experiência de beber vinho oferece a oportunidade de aprender a história por trás de cada garrafa, a razão pela qual o produto foi feito.

Por fim, a comodidade, onde você pode receber tudo isso no conforto da sua casa. Como o processo de assinatura é uma compra sem fricção, os sócios têm a conveniência de receber a WineBox todos os meses e acaba virando um presente, uma surpresa e se torna o momento mais esperado do mês.

Sobre sua relação com os vinhos, já era um apreciador antes da Wine? O que mudou, no seu vínculo com os vinhos, depois da empresa?

Sempre tive afinidade com o vinho, e achava que sabia do que eu gostava ou não gostava. Entrando na Wine descobri que precisava abrir a minha mente e experimentar coisas novas. Não dá para dizer que você não gosta de uma determinada uva ou região sem ter experimentado todos os vinhos, o universo de sabores e experiências é potencialmente ilimitado.

Quais os principais aprendizados que a cultura do vinho (seja o mercado, o contato com produtores grandes e artesanais, com novas vinícolas e rótulos) trouxe para sua carreira e visão de mundo?

Com o vinho trabalhamos com o tempo da terra, o produto é quase artesanal e sua produção é uma arte. Não podemos simplesmente querer acelerar estes ciclos. Também entendi que o real desafio é fazer vinhos de qualidade a preços acessíveis e com grande escala. Eu brinco que beber vinho caro todo mundo sabe, agora você encontrar um excelente rótulo abaixo de 45 reais, esta é a real expertise.

A Wine vem crescendo muito no último ano, além de ser líder no Brasil, está em expansão internacional, começando pelo México. Boa parte das vendas do e-commerce vêm do aplicativo, o que mostra que a empresa também está cada vez mais tecnológica. Quais desafios de alinhar o digital ao mundo dos vinhos, que é bastante sensorial?

“Beber vinho caro todo mundo sabe, agora você encontrar um excelente rótulo abaixo de 45 reais, esta é a real expertise.”

A Wine apresentou um crescimento de receita líquida de 68,8% no terceiro trimestre deste ano, se compararmos com o mesmo período de 2020. O Clube Wine, modelo de negócio de assinatura de vinho baseado na economia de recorrência, está perto de atingir 300 mil assinaturas e teve um crescimento de 44% de receita líquida no terceiro trimestre deste ano, também comparando com o terceiro trimestre de 2020.

A tecnologia tem um papel importante na missão de democratizar o mundo do vinho ao garantir a acessibilidade do nosso portfólio a todos os consumidores, sócios e não sócios do Clube Wine, e ainda, ao oferecer rótulos com um excelente custo-benefício. Hoje, por exemplo, 8 em cada 10 compras nas lojas físicas da Wine são feitas pelo nosso aplicativo Wine Vinhos e o app, que já atingiu mais de 1,5 milhão de downloads, é a plataforma que integra as lojas físicas e o e-commerce.

Mesmo dentro de uma das nossas 16 lojas físicas espalhadas pelo Brasil, o cliente pode comprar seus vinhos e pagar através do aplicativo, se beneficiando das promoções e descontos do e-commerce. O próprio consumidor faz a leitura do QR code de cada rótulo e vai adicionando no carrinho de compras do app. Ao final, basta finalizar e pagar direto pelo celular de forma rápida e fácil.

Olfato, visão, paladar. O ato de dar uma pausa e apreciar um bom vinho é uma fonte rica em experiências. Para incentivar os executivos e executivas que nos leem, e como liderança no maior clube de vinhos do mundo, quais os benefícios (seja para a vida profissional ou pessoal) de reservar um tempo para apreciar a bebida? Se puder, cite suas uvas prediletas.

O vinho é entretenimento. Pela sua versatilidade ele combina bem com vários momentos, como a maratona de séries, o happy hour com amigos, o almoço de família… O vinho também é um produto que agrega as pessoas, que puxa uma boa conversa e que inspira viagens e descobertas mesmo sem sair de casa. Cada nova garrafa é uma nova descoberta. O mundo do vinho nos mostra que sempre podemos descobrir mais, é uma exploração constante.

Minha uva predileta é a Sangiovese, mas confesso que tenho uma paixão por espumantes, a WineBox Espumantes é a minha favorita. É uma experiência incrível poder conhecer, todos os meses, novos espumantes diferentes que existem pelo mundo.

 

 

 

 

Conteúdos

Relacionados

Dasein convida: Luciana Vianello

Dasein convida: Luciana Vianello

O que ganhamos quando temos líderes eficientes para comunicar?...
5 minutos min de leitura
Carreira executiva: chef e empreendedora

Carreira executiva: chef e empreendedora

‘Todo profissional tem sua obrigação moral. Eu acredito que...
7 minutos min de leitura
Receba novidades

Newsletter

Para acompanhar nossas novidades, insights e outros formatos de conteúdo, cadastre-se e siga conosco. Será um prazer ter a sua companhia nessa jornada.