yFechar menu
Não encontrou?

Pesquisar...

GARIMPO

Da França para o Brasil

Um mergulho no universo de uma das figuras mais excêntricas da história ocidental: a rainha francesa Maria Antonieta. O Brasil se prepara para apresentar uma mega exposição sobre a vida da monarca que será composta por pinturas, joias, roupas, porcelanas e instrumentos musicais. A data e o local da mostra em terras brasileiras ainda não foram definidos, mas enquanto isso vale a pena relembrar parte da forte personalidade da rainha no longa “Maria Antonieta”, de Sofia Coppola.

Arte abraça a realidade

Situações que embaralham a fronteira entre ficção e realidade, tornando impossível a tarefa de identificar o que é espontâneo e o que é encenado. Esse é o recorte proposto em “Era o Hotel Cambridge”, filme dirigido por Eliane Caffé, que acaba de estrear nas principais salas do Brasil. O documentário relata o cotidiano de refugiados estrangeiros que buscam abrigo em um prédio de São Paulo onde antes funcionava um hotel que dá nome ao longa. Premiado no último Festival do Rio e em San Sebastián, na Espanha, o filme mostra o reflexo de uma crise política e econômica que se estende pelo mundo inteiro.

Nada de ponto final

Se você se assustou com o anúncio da aposentadoria da diva do soul Aretha Franklin, temos uma boa notícia: ela está preparando um disco para este ano com a participação de ninguém menos que Stevie Wonder. O trabalho  não deve ser o último da carreira, já que ela fez questão de destacar que sua aposentadoria é dos palcos, não dos estúdios. Até o lançamento deste novo álbum nossa dica é a sua obra mais relevante – lançada entre a segunda metade dos anos 1960 e o início dos anos 1980 – que reservou a Aretha o reconhecimento de ser a primeira mulher no hall da fama do rock and roll.

Fenômeno literário

O quarto e último volume da célebre tetralogia napolitana da autora italiana Elena Ferrante – “Storia dela bambina perduta” (“História da menina perdida”, em tradução livre) – será lançado este ano no Brasil. Dona de uma prosa direta e envolvente, a escritora é sucesso absoluto na Itália há mais de 20 anos e vem conquistando cada vez mais admiradores. Sua “série napolitana”, que reflete a condição feminina na história de duas amigas que vivem em Nápoles, já comercializou mais de 2 milhões de exemplares no mundo todo e o Brasil não fica fora desse contexto. Publicados pela Biblioteca Azul, selo da Editora Globo, os três primeiros volumes: “A amiga genial”, “História do novo sobrenome” e “História de quem foge e de quem fica”- e o romance “Dias de abandono” alcançaram a marca de 94 mil cópias vendidas.

Conteúdos

Relacionados

Como se relacionar com lideranças vaidosas? Dasein na mídia – Você S/A

Espelho, espelho meu Pessoas narcisistas tendem a ser maioria...
Olhares sobre um mundo em transição

Olhares sobre um mundo em transição

Como integrante do Conselho da Association of Executive Search...
Não encontrou?

Pesquisar...

Receba novidades

Newsletter

Para acompanhar nossas novidades, insights e outros formatos de conteúdo, cadastre-se e siga conosco. Será um prazer ter a sua companhia nessa jornada.