yFechar menu
Não encontrou?

Pesquisar...

Dasein convida: Cris Alves

Presença digital: você está fazendo “bonito” nas videochamadas?

No pós-pandemia, o trabalho remoto deixou de ser uma tendência para se tornar a realidade de boa parte dos profissionais. No entanto, ainda percebo uma certa falta de traquejo de líderes e colaboradores para lidar com essa nova rotina, suas ferramentas e formas de interação. A distância física tem o poder de deixar as relações interpessoais no contexto corporativo um tanto quanto mais frias. E, ao invés de se desdobrar para superar as limitações do mundo virtual, muitas pessoas têm aproveitado a comodidade das câmeras desligadas e das mensagens de texto para negligenciar uma variável do trabalho que é essencial para a dinâmica salutar e eficiente de qualquer equipe.

Ao desconsiderar que o ambiente virtual é tão real quanto o físico, algumas pessoas estão perdendo oportunidades importantes de atrair novos negócios e/ou promoção no atual emprego. Muitas vezes, as pessoas se acomodam pelo ambiente familiar da casa e adotam um comportamento de não se posicionar e não se comunicar de maneira adequada pelas telas. Inclusive os líderes estão se esquecendo de que é possível, sim, elevar o nível de engajamento do time mesmo numa dinâmica 100% remota de trabalho. Por isso, esse é o momento de cuidar da presença digital!

Cris Alves é especialista em análises faciais e imagem pessoal. Criadora do método Facetelling®, é ávida leitora da história que o rosto das pessoas conta, e também ensina a fazê-lo na Persoona® School.

Mas, Cris, como construir uma presença digital memorável?

Se você deseja ser lembrado, comecemos pelo mais básico e mais importante: não se esconda atrás das telas! A omissão, a falta de cuidado prévio para sua aparição ou, pior ainda, deixar a câmera desligada são maneiras de sabotar a sua comunicação. Além de demonstrar falta de interesse, é muito desagradável interagir com alguém que parece não querer estar ali. Presença significa estar entregue ao momento, por completo. Nada substitui o olho no olho!

Como está o seu background?

Aqui, vou me referir à imagem no sentido literal, ou seja, o contexto daquilo que vai aparecer na tela: o cenário, a iluminação, o som, entre outras questões. Eis fatores muito importantes a se considerar:

Distanciamento da câmera: As câmeras do celular e do computador, usadas pela maior parte das pessoas durante as interações digitais, são do tipo grande angular e podem causar distorções na imagem (alargam o rosto, distorcem as extremidades como o nariz e impedem a percepção das proporções ósseas. Assim, nas interações por meio do celular, eu sugiro pelo menos um metro de distância. Pelo computador, 50 centímetros já são suficientes.

É importante que a câmera esteja na altura dos olhos. Se necessário, use algum apoio (uma pilha de livros já resolve) ou um tripé para colocá-la na posição ideal.

Iluminação: Mais uma vez, a ideia é ser visto com clareza! Se você tem uma fonte de luz natural (trabalha próximo a uma janela, por exemplo), perfeito! Caso contrário, invista em uma fonte de luz artificial. O ideal é que você tenha duas fontes de luz vindo em sua direção (uma de cada lado do rosto). Isso evitará as sombras na face e a consequente ênfase nos sulcos faciais. Quando isso acontece, o efeito é de um semblante cansado e envelhecido.

Ambientação: Evite a poluição visual. O ambiente não pode chamar mais a atenção dos interlocutores do que você. Você pode inserir quadros e fotos na parede, porém, evite os que tenham figuras humanas. Boas opções para compor o cenário são figuras geométricas ou imagens abstratas. Caso o fundo seja colorido, evite paredes com cores que podem cansar as pessoas do outro lado da tela. Plantas e adornos são bem-vindos, desde que não estejam competindo com você. Estantes de livros são preferência de grande parte das pessoas e podem criar uma composição bem interessante mesmo. Só tome o cuidado de evitar que os livros estejam tão próximos da tela a ponto de criar curiosidade nas pessoas para ler o título das capas. E lembre-se: essas escolhas do seu cenário também vão comunicar sobre você: seus gostos, suas preferências e seu repertório de vida.

E o aspecto sonoro?

O trânsito do lado de fora, reforma dos vizinhos, barulho das crianças, interfone tocando… Nada disso pode ser controlado quando se está em home office. O ideal é que, enquanto outra pessoa estiver falando, você deixe seu microfone mudo. Assim, o ruído de fundo não atrapalha a compreensão da fala do outro, além de demonstrar respeito para com o outro. Quando precisar fazer alguma intervenção, acione o botão de “mão levantada” ou avise aos participantes da reunião pela caixa de bate-papo.

Eu faço muitas lives e gravo muitos vídeos para interagir com minha audiência nas redes sociais. Recentemente, descobri o aplicativo Krispi, que ajuda a eliminar o ruído de fundo para as pessoas que estão nos ouvindo. Tem sido muito útil e recomendo!

A imagem pessoal é tão importante quanto os aspectos técnicos!

Já que estamos falando em câmera ligada e em ser visto, não podemos deixar de fora os cuidados com a imagem pessoal! Temos que ter uma atenção especial com a parte que mostramos na câmera, da cintura para cima. O nosso “retrato 3×4” nunca esteve tanto em evidência como agora! Cuidados com a higiene, cabelos limpos, a escolha das roupas, tudo isso também demonstra preocupação e interesse em estar ali. Mostra que você se preparou para aquele momento.

Ainda tem dúvidas sobre o tema? No meu Instagram (@persoona.crisalves) há uma série de aulas sobre esse assunto, que incluem, também, a comunicação verbal.

E agora, você se sente mais seguro para fazer “bonito” nas suas videochamadas? Comece a testar essas ferramentas e, caso queira trocar uma ideia comigo, vou adorar!

Com meu abraço,

Cris Alves.

Conteúdos

Relacionados

De minas para o mundo: 1º Café com Negócios

De minas para o mundo: 1º Café com Negócios

Foto: Brian Glade, diretor global da AESC, é recebido...
5 min de leitura
Meu chefe não dorme

Meu chefe não dorme

Como lidar com gestores que telefonam, enviam e-mail e...
7 min de leitura
Receba novidades

Newsletter

Para acompanhar nossas novidades, insights e outros formatos de conteúdo, cadastre-se e siga conosco. Será um prazer ter a sua companhia nessa jornada.