yFechar menu
Não encontrou?

Pesquisar...

Quais competências podem te levar ao topo?

O que diferencia um bom profissional daqueles altamente bem-sucedidos? Há muito tempo essa questão provocava o professor e presidente da Invova Business School, Marcelo Veras. Em 2006 ele então resolveu dar início a uma pesquisa sobre o comportamento de mais de 170 executivos. A seguinte pergunta foi feita a eles: “Quais competências o trouxeram aqui e como você definiria cada uma delas?”. Veras analisou com minúcia resposta por resposta e concebeu uma lista com as principais habilidades citadas pelos executivos.

Esse foi o ponto de partida para reportagem especial da revista Você S/A, publica em março deste ano. Sob o título “20 Competências Essenciais Para Você Ser um Bom Líder”, a matéria ouviu dezenas de executivos como a presidente da Blue Tree Hotels, Chieko Aoki, e os presidentes do Grupo O Boticário e da Cielo, respectivamente, Artur Grynbaum e Rômulo Dias. Experts em executive search, como a presidente da Dasein, Adriana Prates, também ganharam destaque na reportagem.

De acordo com Marcelo Veras, as competências podem ser divididas em três categorias: comportamentais (como agimos em relação a nós mesmos e às pessoas); técnicas (domínio da área de atuação); e de gestão (atitude na condição de líderes de pessoas e de negócios). Ele diz que no curto prazo ter apenas algumas competências funciona, mas, no fim, só uma combinação sólida mantém os líderes em seus cargos.

Para Adriana Prates, querer desenvolver todas as competências no mesmo grau é utopia. Segundo ela, as pessoas são diferentes e vão se destacar por diferentes motivos. O segredo é identificar quais são as mais importantes para você. Ter essa clareza nem sempre é fácil, até porque envolve aceitar as limitações que temos, além de um conhecimento aprofundado de si mesmo. Esse entendimento serve, inclusive, para ver quando vale mais melhorar os pontos fortes e deixar os fracos de lado.

Ficou curioso para saber quais habilidades os executivos de sucesso têm em comum? Veja logo abaixo as cinco principais:

  1. Equilíbrio emocional
  2. Flexibilidade
  3. Comprometimento e Execução
  4. Etiqueta pessoal e profissional
  5. Relacionamento e Network

Perfil que o mercado quer em 2016

Abordando um tema que dialoga com a reportagem da Você S/A, o jornal Estado de Minas investigou quais perfis profissionais o mercado busca em 2016. Com foco nos cargos executivos, a matéria também listou competências essenciais para as lideranças e ouviu como principal fonte a presidente da Dasein, Adriana Prates.

De acordo com ela, não há como traçar um perfil exato do que o profissional precisa ter para se manter empregado. A construção de uma carreira sólida e sustentável ao longo do tempo continua sendo o melhor cartão de visitas para despertar a atenção dos consultores de executive search. Atrelado a esse aspecto é necessário fazer uma gestão da imagem profissional. Tão importante como ‘ser’ é ‘aparecer’. Ter prêmios no currículo, publicar artigos  consistentes, investir numa ampla e qualificada rede de contatos e realizar uma gestão eficaz das mídias sociais são algumas dicas.

Conteúdos

Relacionados

Garimpo: as escolhas culturais deste mês

Garimpo: as escolhas culturais deste mês

Bach em violão Música para contemplar, relaxar e também...
Inspire-se com Krista Walochik

Inspire-se com Krista Walochik

“O mundo não é como ele é, mas sim...
Receba novidades

Newsletter

Para acompanhar nossas novidades, insights e outros formatos de conteúdo, cadastre-se e siga conosco. Será um prazer ter a sua companhia nessa jornada.